sábado, 21 de fevereiro de 2009

Falecimento de um Comando


Camaradas
JOSÉ MEGRE, faleceu hoje vítima de doença prolongada.

José Megre, sócio da nossa Associação pertencendo a Delegação de Lisboa, foi Alferes Miliciano Comando, fez parte e comandou um grupo de combate da 12ª Companhia de Comandos, tendo frequentado conjuntamente com a 14ª CC o 10º Curso de Comandos em 1967, fez a sua comissão em Angola, como operacional e instrutor no CIC.

Muitos o Conheciam da televisão, Foi o mais entusiasta e primeiro piloto português a participar no Raly Paris-Dakar, tendo dedicado toda a sua vida profissional aos automóveis e à organização de eventos desportivos a eles ligados.

Á família enlutada e à Delegação de Lisboa, apresentamos os mais sentidos pêsames.
Paz a sua Alma!

Hoje irá realizar-se uma missa de corpo presente na Basilica da Estrela, pelas 22h.

Amanhã, a missa será às 10h30, com o funeral a partir da Estrela em direcção a Águas, Penamacor.
MAMA SUMAE!
JOSÉ MEGRE
Nascido a 26 de Março, em Lisboa, Portugal.
CURRICULUM:
1963 – 1966 - Curso de Engenharia Mecânica com especialização em Automóveis (Londres – Inglaterra)
1967 – 1970 - Serviço Militar em Angola como Alferes Comando (12ª Companhia de Comandos)
1970 – 2002 - Trabalhou, durante 30 anos, no Sector Automóvel, como Director Técnico, Administrador e finalmente Consultor do Grupo Entreposto nas seguintes marcas de automóveis: 20 anos com a Datsun Nissan, 3 anos com a Renault Camiões, e finalmente 9 anos com a Porsche. Vários treinos de especialização no Japão e nos EUA
Desde 1955 - Viajou por todo o Mundo, principalmente em automóvel
1960 – 1975 - Piloto de velocidade em Circuitos e Rampas
1970 – 1980 - Preparador de viaturas de competição para Corridas e Ralis
1975 – 1977 - Piloto de Ralis (3 Ralis do Campeonato do Mundo WRC)
1976 – 1978 - Autor e Apresentador de um programa de Televisão na RTP1, denominado “Ida e volta”, sobre automóveis e transportes em geral
1981 – 1992 - Piloto de Todo-o-Terreno (Primeiro Clube Todo-o-Terreno em Portugal)
Escritor e Editor de três livros sobre o Rali Paris – Dakar, e as suas viagens pelo Mundo
1982 - Co-Fundador e sócio Nº1 do Clube Todo-o-Terreno
1984 - Co-Fundador e, até à data, Presidente do Clube Aventura, que continua a organizar o Raid Transportugal, iniciado em 1986 e que, desde 1997, é patrocinado pela Accenture, tendo como co-patrocinador a Oracle, desde 2008. Ver site www.raidtransportugal.com
1982 - Empresário desportivo na organização de eventos Todo-o-Terreno desde 1986
Criador das primeiras e mais importantes competições Todo-o-Terreno em Portugal: Baja Portalegre (1987) e da Baja Portugal (1988), Vodafone 1000/Rally Transiberico (2005), das 24 Horas, 6 Horas, e 3 Horas Todo-o-Terreno em Fronteira ainda do Raid Transportugal Accenture – Oracle
Criador e Organizador de inúmeras expedições para viaturas 4X4, na Europa, África, Ásia e Américas. Cada uma, com uma extensão de 10.000 a 25.000 km, entre elas:
Lisboa – Bissau (1990, 1992)
Bissau – Lisboa (Patrol Ténéré 1991)
Lisboa – Cidade do Cabo (1992)
Capetown – Nairobi – Turkana (1997)
New York – Los Angeles (TansAmérica 1993)
América do Sul (Terrano II Sul América 1993, 1994)
Lisboa – Katmandu – Goa (Nissan – Caminhos da Ásia, 1996)
Guatemala – Panamá (1996)
Caracas – Rio de Janeiro (1996)
Ushuhaia – Buenos Aires (1997)
Bombaim – Butan – Nepal – Tibete (Terrano II Tibete, 2001)
Oklahoma City Seattle (2001)
Vancouver – Quebec Transcanada (2001)
Lisboa – Líbia (Tripoli – Ghat) – Lisboa (2006)
Lisboa – Nouakchot – Lisboa (2006)
Lisboa – Maputo (2007)
Arábia Saudita (2007, 2008)
Entre várias outras viagens, com 3.000 a 5.000 km, entre elas, cerca de 50 em Marrocos e ainda:
Emirates e Oman
Abidjan – Cotonou
Beirute - Damasco – Amam – Aqaba
Arménia – Geórgia e Azerbeijão
Uganda – Rwanda – Burundi
Kenya – Tanzânia
Alice – Darwin – Sydney (Austrália)
Nestas e noutras viagens aos países do Mundo, conduziu mais de 930.000 Kms fora de Portugal.
Vendeu a sua empresa Organizações Aventura ao ACP (Automóvel Club de Portugal) em 2006, sendo agora Consultor dos eventos – Baja Portalegre, Rali Transibérico, 24 Horas de Fronteira – actualmente organizados pelo Automóvel Club de Portugal.
O PRESENTE E O FUTURO
Actualmente estava concentrado em viajar – tentando conhecer todos os países do Mundo, (a 15 de Maio 2008 faltava-lhe apenas conhecer 2: Iraq e Haiti) e em escrever o seu 3º livro, que pensa publicar durante o próximo ano de 2009.
Está também dedicado à sua propriedade de família, situada nas Águas, Penamacor, Beira Baixa, onde construiu dois circuitos de todo-o-terreno, de 10 km cada um, e onde prepara uma exposição da sua colecção de brinquedos e miniaturas, para além dos automóveis e motos da sua vida.

MEDALHAS, CONDECORAÇÕES, PRÉMIOS E DISTINÇÕES
Medalha de Cruz de Guerra (Angola)
Prémio Alfredo César Torres – FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting)
Personalidade do Século XX – Confederação de Desporto por proposta da Federação Portuguesa de Todo o Terreno Turístico
Personalidade do Ano 2006 – Confederação de Desporto por proposta da FPAK
Troféu Rodas de Prata – (ACAP) Associação do Comércio Automóvel de Portugal
Prémio Autosport Volante (2003)

2 comentários:

Nitrox disse...

Mais do que um Homem, um mito!

Para além do Comando, Megre era um aventureiro, no sentido nobre da palavra, como atesta a excelente biografia que o camarada Paulo Garcia publicou. Foi o "pai" do TT em Portugal, e um dos portugueses que mais dignificaram a nossa herança de exploradores.

MAMA SUME! Camarada Megre.

DELTA1 disse...

Como Homem, como Piloto e Explorador como reza o seu Curriculum mas também como Comando que exemplarmente serviu a sua Nação com uma Cruz de Guerra que representa bem a sua conduta a sua personalidade,Coragem e Audacia.
Não morremos! Reagrupamo-nos no Campo da Honra!
MAMA SUMÉ
José Eduardo Rosa - Delg. Almada