sábado, 1 de março de 2014

"O MATO MATA" apresentação do livro pelo autor FLORIVAL LANÇA a 28/02/14

Hoje, tivemos a honra de ser premiados com apresentação de um livro fantástico. O Mato Mata. O autor desta Obra, não é apenas o autor. Ele faz parte integrante das entrelinhas vividas ao minuto, minutos estes que nunca sabia se teria tempo de contar os segundos. Esta história, não obstante estar romanceada, quis o autor relatar factos verídicos, e deixar-nos em herança estes momentos para que não ficassem abafados e mudos, mas para que façam  parte do nosso espólio cultural.

Estamos a falar de um sócio nosso, homem e acima de tudo COMANDO, Florival Lança.

Fomos abrilhantados com uma breve mas muito concisa introdução, por outro homem, Comando, Celestino Rodrigues, que, tendo conhecido o autor há alguns longos anos, partilhou com ele, no terreno, estes (para nós) pequenos, mas, intermináveis momentos, enfrentando não só os medos e tentações, mas de certo modo, aprendendo a respeitar esse "Mato que mata", tendo-se mantido vivos.

A Delegação de Almada, deseja ao autor, todas as felicidades, pessoais e profissionais, e que, este livro possa ser um "Best Seller".























 

4 comentários:

Florival Lança disse...

Caros camaradas da Direcção da Delegação da nossa Associação;
Dirijo-me em particular à sua Direcção na pessoa do seu Presidente, camarada Carlos Inverno,bem como aos camaradas Celestino Rodrigues e Matoso, para agradecer com sinceridade a estupenda organização da apresentação do meu livro. Agradeço igualmente aos camaradas que me honraram com a sua presença, bem como às suas famílias. Foi para mim um prazer e um privilégio partilhar com todos vós as motivações que me levaram a escrever este livro. Foram momentos de fraternidade e "espírito" Comando inesquecíveis, como há muito tempo não desfrutava e por tal vos estou, a todos, infinitamente grato.
Uma saudação particular ao meu amigo Celestino por ter feito a apresentação que fez.Obrigado!
Bem hajam.
Mama Sumé
Florival Lança

Comandos Almada disse...

Obrigado Lança. A Del. Almada é que agradece por estes momentos. Agradece também os grandes HOMENS que tem e que nos proporcionam momentos que se tornam vitalícios na história da nossa casinha modesta, mas com um calor humano incalculável.
Carlos Inverno

Florival Lança disse...

Caros camaradas ;

Por um lamentável lapso, não incluí no meu agradecimento sincero, dois factos relevantes dessa noite, para mim memorável. Em primeiro lugar agradecer a placa com que a Delegação me brindou, da qual muito me orgulho e ocupa um lugar destacado na sala onde me dedico aos escritos.
Em segundo lugar outra omissão sem perdão: o devido agradecimento à Aninhas, que com a simpatia de sempre e o louvável gesto de solidariedade, me apoiou na logística da apresentação. Um grande agradecimento e um beijo.

Ana Domingues disse...

Caro Sr.Lança,

Fico grata pelo seu agradecimento, mas foi com muita honra que participei e o ajudei no lançamento do seu livro.

Muito obrigada.
Beijos.

Ana Domingues